a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Ser e parecer


SOBRE O FLISCORNO
Fliscorno: do Alemão Fluegelshorn, contracção de Fluegel (asa, ala, flanco) com Horn (corno, corneta). Instrumento musical de sopro, próximo do trompete mas de timbre mais suave. Afina em Si bemol.

O fliscorno tem a sua origem na corneta. Passou a incorporar pistons à volta de 1830, sensivelmente ao mesmo tempo que o trompete. O seu nome remonta às pequenas orquestras militares e de marcha, onde o seu posicionamento era a respectiva ala esquerda, antes da ala dos tenores.

Hoje em dia é usado em orquestras de sopro como instrumento da melodia e também no jazz (p. ex. Freddie Hubbard, Clark Terry, Shorty Rogers). Esporadicamente, tem também presença na música clássica (p.ex. Igor Strawinsky).

Como já, certamente, terão notado, fliscorno não é uma grafia alternativa para corno feliz. Ser e parecer é coisa nem sempre coincidente, trate-se de música ou de política. É esta última, na sua vertente de cartaz de campanha, que alimentará o presente blog.


O AUTOR
O autor deste blog, Jorge de seu nome próprio, tem a mania que sabe umas coisas e, pior que isso, tem os meios para as publicar. O seu maior objectivo na vida é pagar impostos e a casa, coisa que faz em sequência, primeiro até Maio e depois durante o resto do ano. Estudou por Coimbra em coisas de electricidades mas isso nunca o impediu de escrever sobre outros assuntos, coisa que faz procurando parecer sério pela citação dissimulada de textos da Wikipédia. A ligação mais próxima que alguma vez teve a um partido deu-se quando procurava impressionar uma miúda com um copo de imperial equilibrado no nariz, coisa efémera que obviamente terminou com o respectivo copo estilhaçado, partido, em plena Praça da República. Tem uma política - esta frase serve para concretizar o profundo desejo de ter uma política - de semi-reserva de identidade para garantir que a sua vida privada... bom... continua privada. Usa este blog para o que lhe der na telha, o que inclui escrever bacoradas como estas.


7 comments :

  1. Ferreira dos Santos disse...
     

    Nome fixe e bem explicada a sua origem. Não fazia ideia.
    abraço

  2. Capitão Merda disse...
     

    Que o Arturo Sandoval também toca na perfeição...

  3. Isabel Magalhães disse...
     

    Bom... eu confesso que sabia tratar-se de um instrumento. Costumo frequentar os concertos da Orquesta de Câmara de Cascais e Oeiras, na Fundação Marquês de Pombal, no 3º domingo de cada mês, e aprendo umas coisas. Há algum tempo tomei conhecimento com um instrumento interessantíssimo, de seu nome 'Sacabuxa'. Conhecem?

    Sobre o dono da casa fiquei a saber o que a semi-reserva de identidade permite saber.

    (E eu que o imaginava Professor de Música!) ;)

  4. Range-o-Dente disse...
     

    "O seu maior objectivo na vida é pagar impostos e a casa, coisa que faz em sequência, primeiro até Maio e depois durante o resto do ano."

    Entretanto já deve ir por Julho ou Agosto.

    Chapelada.

  5. Mario Sousa disse...
     

    Parabéns, tem aqui um bom blog!

  6. DIFERENTES SOMOS TODOS NÓS disse...
     

    Mantenha o espírito coimbrão, a filosofia de vida e o BLOGUE.
    Partilho todos!

  7. Klatuu o embuçado disse...
     

    Abraço.

Enviar um comentário