a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Fotos com história - Oktoberfest, a festa da cerveja de Munique

Festa da Cerveja em Munique


oktoberfest_1
Brinquedos tradicionais


oktoberfest_2
Barris de cerveja para a cerimónia de abertura


oktoberfest_3
Bávaro a demonstrar o uso do chicote


oktoberfest_4
Litradas


oktoberfest_5
Barris de cerveja na cerimónia de abertura


oktoberfest_6
Uma das tendas, a da cerveja Löwenbräu


oktoberfest_7
Vista aérea de parte da festa



Quando estive em Munique pela primeira vez tinha começado nesse fim de semana a festa da cerveja. Ainda não tinha estabelecido o paralelo cerveja-Baviera, tal como o fazemos com Porto e vinho, pelo procurei obter o maior detalhe possível ao perguntar a um bávaro o caminho para a festa. Mas ele teimava em dizer que bastava ir sempre em frente, que eu daria com ela. Mas, pensava eu, como raio darei com essa festa? Foi, realmente, fácil. Como poderia deixar de notar numa estrutura que, por festa, acolhe à volta de 6,5 milhões de visitantes e que serve cerca de 68,6 hl de cerveja, 494, 000 frangos de churrasco e 144,500 pares de salsichas? Terminou ontem. Este ano não deu mas para o ano há mais.


13 comments :

  1. BaBy_BoY_sWiM disse...
     

    Na Madeira faz-se a festas do vinho Madeira... Podera' ver neste blogue...

    http://linhasdoolhar.blogspot.com/ esta no post de dia 4 de setembro... Acho que ira' gostar...

  2. Marreta disse...
     

    Apesar de já ter estado em Munique, nunca lá estive na altura "certa", ou seja na época das termas... ups, da festa da cerveja, digo.
    No entanto, apesar de conhecer e gostar de algumas cervejas alemãs, continuo a preferir a Sagres.
    Saudações.

  3. Gi disse...
     

    E casas de banho com fartura? Há?
    Isso de servir de intermediário tem que se lhe diga. Ainda hei-de lá ir numa altura dessas :)

    Beijinhos

  4. Watchdog disse...
     

    Grande malha que deve ser! A Oktoberfest tem cerveja portuguesa? Epá se não tem, estamos perante uma grande falha da organização!...
    Aproveito aqui para fazer referência a uma cidade que me é muito querida (Campo Maior) e a sua Festa das Flores!
    Infelizmente nem todos os anos realizam a festa. Quando na altura das festas as ruas de Campo Maior aparecem todas cobertas de flores de papel, de toda a espécie e criadas à mão, a maioria dos visitantes provávelmente não terá a noção que são muitos meses a trabalhar em papel que vai originar autênticas cópias fieis das flores naturais!
    Mas a tradição vai-se perdendo...
    A juventude não tem muita paciência para meter "mãos à obra" e já existem poucos idosos na vila que consigam dar conta do recado.
    A última vez foi em 2004, por razões óbvias...

    1 Abraço!

  5. O Guardião disse...
     

    Depois da pausa para a cerveja umas fotos para ilustrar uma festa a que nunca assiti. Fico pelo prémio de consolação - a bejeca.
    Cumps

  6. Raposa Velha disse...
     

    BaBy_BoY_sWiM,
    não conhecia mas parece interessante. Um excelente pretexto para uma viagem que adio há algum tempo.





    Marreta, no que toca a cerveja, não sejamos fundamentalistas :) Excepto se for San Miguel, claro!





    Olha Gi, por acaso até há WC qb. Ainda bem, pois como depreendo do que dizes, a cerveja não se compra, aluga-se :) Cada uma das tendas tem as suas próprias instalações sanitárias. A propósito dos quartos de banho, uma nota sobre Munique: tal como em Portugal, quase que não existem wc municipais. Pelos últimos jogos olímpicos, de 1972, a Câmara Municipal decidiu encerrar quase todas as instalações sanitárias por não ter capacidade de manter a respectiva higiene. Em contrapartida, todos os estabelecimentos de hotelaria passaram a ter a obrigação de disponibilizar gratuitamente a todos os seus wc, clientes ou não. Seria interessante ver isto por cá, não achas?






    Por acaso, Watchdog, até quase que tem. A cerveja servida nesta festa é parecida com a Pilsner, logo é parecida com a Sagres :) A grande grande tradição de vinho que temos é o equivalente à grande tradição de cerveja deles. Pilsner, cerveja de trigo, Starkbier (11º de álcool...), Kellerbier (tipo o nosso vinho abafado, só com meia fermentação e ainda meio adocicada, .... é mais umas tantas. Menos do que os belgas, mesmo assim ;)
    Por acaso estive nessa Festa das Flores de 2004. Fiquei fascinado e fiz fotos até mais não. Hei-de postar aqui uma outra um destes dias.
    A questão da juventude não ter paciência é, quanto a mim, fruto da forma como vivemos hoje em dia: directos, instantâneos, imediato, na hora, no minuto, no segundo!!! Vivemos a todo o momento perante o paradigma de ver todos os anseios satisfeitos imediatamente. A incapacidade de esperar torna-se cada vez mais abrangente. Neste contexto, projectos que requeiram dedicação, planeamento, esforço e cujos resultados só se tornem visíveis em diferido não colhem a atenção da geração instantânea.






    Oh Guardião, este ano também me fiquei pela bjeca, das nossas. O plano de me entregar à perdição saiu furado mas no ano que vem há mais :)

  7. João Rato disse...
     

    Nós por cá, somos mais para as festas da água pé! Cerveja, só quando a pinga azeda!

  8. Sérgio Pontes disse...
     

    Fotos maravilhosas de uma festival único!

    Um abraço

  9. Raposa Velha disse...
     

    Oh João, água pé e não só! Um belo dum tinto a regar um queijo seco e um naco de presunto faz um petisco soberbo. Mas um fino, como se diz na minha terra, com uns caracóis também têm o seu lugar :)

  10. Raposa Velha disse...
     

    Obrigado Sérgio. É único em grandeza, sem dúvida. Uma nota: os alemães do norte dizem que os bávaros não são bem alemães; são os italianos da Alemanha lol Talvez tenham razão, pois não encontrei neles o estereótipo que levava emprestado dos filmes americanos.

  11. Maria Lisboa disse...
     

    Foste à cervejinha? ... à nascente? ;)


    Agora, fora do assunto ...


    http://www.sprc.pt/paginas/ Novid...ciapaisana.html

    Coincidência?

    “O primeiro-ministro acrescentou ter sabido “pelos jornais” que o Partido Comunista da Covilhã estava com “muita dificuldade” em saber qual a hora em que irá visitar uma escola daquela cidade. “Informo-os, pois, que lá estarei, na terça-feira, às três e meia da tarde e espero pela manifestaçãozinha do Partido Comunista. Isso não me incomoda nada.”
    http://dn.sapo.pt/2007/10/08/ nac...r_manifest.html

    Pelos vistos incomoda alguém!!!!

    Já agora, mais outra!!!!

    “Novas Oportunidades” em versão europeia
    José Sócrates propôs que modelo português seja adoptado pela UE

    http://sic.sapo.pt/online/ notici...de+resolver.htm

  12. Boo² disse...
     

    Temos aqui no Brasil uma Oktoberfest com cervejas excelentes e artesanais.

    Por sorte, é no meu estado.

    Por azar, estou em fase de conclusão de curso e não irei. :(

    http://www.oktoberfestblumenau.com.br/

    É o site da Oktober daqui.

  13. Raposa Velha disse...
     

    Também ouvi essa na rádio hoje, Maria. Pensei cá com os meus botões que o homem está a ficar xoné. Ou apenas a revelar-se! Já viste o post do Kaos? 5 estrelas.





    Olha Maria Gabriela, por acaso já tinha passado pelo site da vossa festa da cerveja. Das várias que se realizam por todo o lado, esta é a maior, não é? Logo depois de Munique. Blumenau... Deve ser uma terra bonita. O cartaz deste ano está fantástico. Aos curiosos, deixo o link, com a nota de que Blumenau se pode traduzir por Lugar das Flores (certo Maria?): Cartaz Oktoberfest Blumenau 2007. Boa sorte nesses estudos, para o ano há mais ;)

Enviar um comentário