a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Ford Focus e The Car Music Project


© createdigitalmusic.com

A minha amiga Pajarita, artista por natureza, mandou-me um artigo sobre o anúncio do novo Ford Focus que agora anda na TV. Certamente que já o terão mirado e talvez, como eu, tenham pensado «que lindo playback ali fizeram». Ora acontece que a música executada saiu dos instrumentos que são vistos no filme e, ainda mais surpreendente, esses instrumentos são feitos com peças tiradas de dois Ford Focus novinhos em folha.

Esta ideia decorre dum projecto de Bill Milbrodt, The Car Music Project, que vem já desde 1994, onde ele transformou o seu Onda de 1982, já completamente inútil, em alguns instrumentos musicais. O resultado foi «Music from a Parallel Universe», algo na linha do rock progressivo experimental.

Para o projecto Ford Focus, o cliente tinha requisitos específicos, tais como o tipo de instrumentos, a sonoridade (próxima duma orquestra convencional), afinarem pelos padrões da música ocidental e, ainda, poderem ser rapidamente tocados por músicos profissionais:

http://createdigitalmusic.com/2008/02/05/
interview-building-a-musical-ensemble-out-of-ford-focus-car-parts/

We had requirements for wind, brass, percussion, and string instruments that could play the music that was presented to us. We were also required — for credibility and authenticity — to make instruments from intact car parts as much as possible (as opposed to making major or defining parts out of sheet metal from the body of the car). And most important, the instruments had to A) be able to play in tune according to traditional western standards, and B) they had to be physically close enough to traditional instruments to enable professional musicians to learn them quickly because they would only have one or two rehearsals before recording the music. Finally, they had to be visually attractive; call it compelling if you like. In other words, television is mainly a visual medium and they needed to look great.

A parte musical do anúncio final teve dois ensaios antes da gravação, um de duas horas e meia e outro de seis horas. Notável, se tivermos em conta o resultado final, não é? Quanto à construção dos instrumentos foi mais demorada: 5 semanas desde que o Ford Focus foi desmontado. Estes e outros detalhes estão na entrevista do link supra-indicado.

E agora alguns vídeos relacionados. O anúncio final:




Uma versão mais longa, com 3 minutos:



Music from a Parallel Universe, a musicalidade original do projecto:


9 comments :

  1. Marreta disse...
     

    É do camandro! Está um espectáculo. É por estas e por outras que eu tenho um Ford, eh, eh, eh!
    Saudações do Marreta.

  2. avelaneiraflorida disse...
     

    "Brigados" por este post!!!!
    Pouco vejo tev e muito menos publicidade...
    Mas no outro dia algo me chamou a atenção! A música!!!! fui ouvir e deparei com este espectacular anúncio!
    UMA OBRA DE ARTE!

  3. Raposa Velha disse...
     

    Caros amigos, fiquei realmente fascinado. A arte toca-nos, não será? Há um outro anúncio também interessante mas não também conseguido, julgo eu. É o do Honda, cujo som é um coro.
    http://youtube.com/watch?v=GuyaVcqTgic

  4. Paula Crespo disse...
     

    Já tinha visto este anúncio e é, de facto, muito bom. Mas melhor, quanto a mim, é o antigo da Honda, com o Coro (como refere, e bem). Esse merece 20 valores!...

  5. Watchdog disse...
     

    Está espéctacular, a imaginação não têm limites! Uma obra de arte!

    Aproxima-se a 2ª Grande Farra:
    Passa no KAOS.

    1 Abraço!

  6. Gi disse...
     

    Tens toda a razão, isto é arte . O meu apreço pelos criativos é igual à sua imaginação. Sem limites .

    Origada pela partilha e realmente não destoava do resto que lá costumo pôr :)

    Um beijinho, resto de um bom Domingo

  7. Eva disse...
     

    Há mentes realmente brilhantes e às quais, ainda por cima, pagam para lhes darem asas.
    É realmente fascinante o trabalho dos criativos. Como diz um amigo meu dessa área: "gozo que nem um perdido e ainda por cimo recebo por isso."
    Uma boa semana

  8. Kaos disse...
     

    Raposa velha:
    Vejo que o watchdog já passou por aqui, mas aproveito para informar que a data foi alterada (devido a vários pedidos) para sexta-feira dia 29 de Fevereiro.
    Depois confirma se está tudo bem e se podes ir
    um abraço

  9. Alien David Sousa disse...
     

    É um daqueles conceitos que transformam um anúncio de publicidade numa pequena obra de arte. Apesar de toda a discusão à volta do tema; se a publicidade pode ser ou não ser considerada arte.

    kisses

Enviar um comentário