a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Ministério da Agricultura/DRAPALG: concursos manipulados

No Papa Açordas, o Compadre Alentejano apresenta os resultados dum concurso público cujos vencedores são os que ele tinha previsto anteriormente:
Grande parte dos concursos abertos pela Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) e, de um modo geral, em toda a função pública, são concursos que, à partida, já os dirigentes sabem quem vão colocar em primeiro lugar...
-
De modo que, o Papa Açordas, a bem do Serviço Público, resolveu denunciar estas manobras, tendo assim publicado em 7/Dez/2007, o resultado final de um concurso que só ia terminar daí a 4 meses, portanto, já em 2008. [...]


E o Jumento complementa:

Os nossos políticos, cansados de dar a cara pela nomeações de boy, inventaram os concursos para a nomeação de alguns dirigentes da Administração Pública. Só que estes concursos não passam de uma farsa paga com dinheiros públicos, se dantes as nomeações eram feitas por critérios desconhecidos, agora inventam-se falsos concursos para nomear precisamente as mesmas pessoas.

São raros os concursos honestos, a regra é toda a gente saber quem vai ser o futuro chefe de divisão ou director de serviços. Em regra, muito antes de ser aberto o concurso os escolhidos são nomeados temporariamente para enriquecerem o currículo com o desempenho do cargo e alguns cursos no INA pagos pelo Estado. Por fim abre-se um concurso onde não se correm riscos, o perfil exigido é tão preciso que quase inclui o nome do futuro chefe.[...]

É por estas e por outras que soa a mentira quando ouvimos Sócrates falar da modernização do Estado.


4 comments :

  1. tina disse...
     

    Este blog é excelente!...

  2. zedeportugal disse...
     

    Sempre foi assim, meu caro.
    Há uns anos atrás fui obrigado a chegar a essa conclusão. Concorri várias vezes com grande vantagem em termos de habilitações e de curriculum e fui sempre preterido perante gente que chegava a admitir, nas provas de concurso, que eu era muito melhor que eles.
    É uma das maiores aldrabices da Função Pública. De sempre!

  3. Anónimo disse...
     

    uns dão a cara, outros dão o que podem. eles com uma mão à frente, elas com uma mão atrás

  4. GMaciel disse...
     

    Quando o próprio Sócrates é uma mentira, o que se pode esperar??

Enviar um comentário