a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Pelo Choupal: é amanhã

Como antigo estudante de Coimbra, tenho uma ligação emocional ao Choupal, o qual conheço bem. Lamento que todos os espaços com alguma beleza natural sejam sistemáticos alvos da cobiça betonária.

Muitos se manifestam contra. Como de costume, o estado ignora-os, prosseguindo a sua inexorável vontade. Para que queremos um estado que não existe para servir os cidadãos?

Relacionado: Plataforma do Choupal e petição online.


3 comments :

  1. Pata Negra disse...
     

    Coimbra é "não sei quê" diz a canção. Cordões humanos? Mãos dadas? Isto já não vai lá com gestos mansos!
    Um abraço inconformado com a mansidão das manifestações

  2. Anónimo disse...
     

    os contribuintes existem para servir o estado.
    isto só vai assim:
    "porrada neles,
    força na verga"

  3. Fliscorno disse...
     

    Chegaremos a tanto? É possível. Acontece que estas coisas acontecem porque as pessoas individualmente o permitem. Não vale a pena chutar para o lado. Enquanto postais como Fátima Felgueiras ou Isaltino Morais ganharem eleições, nada mudará, venha que revolução vier. A mudança está em cada um.

Enviar um comentário