a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Razões para detestar o Windows

Já é mau comprar um sistema operativo com falhas. Piora quando o que é
suposto ter o aspecto duma chapa de metal e é, afinal, uma rede de
capoeira. Mas depois os buracos vão sendo tapados com as actualizações
automáticas. Ok, consegue-se trabalhar. Até acabamos por ignorar que
um produto que custa pelo menos 150 euros não tem garantia, como
acontece e é obrigatório com qualquer outra bugiganga que custe 5
euros. O que não é de todo aceitável é que uma actualização
automática, depois de realizada, insista em re-iniciar o computador a
cada meia hora. Nem que o faça caso o computador fique inactivo
durante um determinado espaço de tempo, terminando consequentemente
todos os processos em execução. Finalmente, para quem se lembre do
argumento «mas porque não usas outro sistema operativo?», gostaria de
sublinhar que a maior parte dos fabricantes de computadores portáteis
não os vendem sem uma licença (paga) Windows e que o processo de
devoluções da Microsoft é uma ilusão.


2 comments :

  1. João disse...
     

    Isso é ainda mais ridículo se o PC em causa for um servidor, de ftp, http, mail ou outro, já que há actualizações em que o sistema faz mesmo reboot automaticamente. É por isso que muitos preferem o Linux. Mas nem sempre é possível optar, para além de, como diz o Jorge, a maioria dos computadores terem o Windows por defeito, com o respectivo custo.
    Razões misteriosas levam a Microsoft a ter uma quota de 90% de mercado...

  2. Fliscorno disse...
     

    Mistérios, João, mistérios.

Enviar um comentário