a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Da encenação na política

A TVI passou ontem uma reportagem sobre a ida de Sócrates às minas de Aljustrel, nas vésperas do Natal passado, a anunciar que estava tudo bem lá pelas minas. Agora sabe-se que isso era mentira mas não é essa a minha questão neste momento. Nessa reportagem, da qual retirei a foto mais à direita, Sócrates encenou um "segure-me que estou quase a chorar". Até fungou, o que me fez lembrar Hilary Clinton e as suas lágrimas de crocodilo. Já na foto mais à esquerda, vemos Sócrates em outra encenação, fazendo de conta que estava a despoletar a explosão controlada que viria a implodir as torres de Tróia. O que se veio a saber ser falso. Tivemos considerável abundância destes números, desde as crianças contratadas para fazerem de conta que eram alunos passando pelos faz de conta das Novas Oportunidades e sem esquecer todas as encenações de vitimização com os casos licenciatura/casas/apartamentos/Cova da Beira. O que mais me surpreende nisto tudo é que as pessoas vão votar em pessoas como estas, políticos dessimulados, que pretendem vencer eleições pela imagem construída em vez de serem eleitos pelo projecto que apresentem. Portugal não precisa de outros políticos; precisa sim de outros eleitores.


4 comments :

  1. mynameisfairplay.com disse...
     

    Foi para isto o 25 de Abril?

    Tráfico de influências nas Cidades de Angra & Praia.

    Só visto ver e ler para crer, tudo em: http://mynameisfairplay.blogs.sapo.pt/

  2. pajarita disse...
     

    Faz-me lembrar as encenações que se faziam em España no tempo da ditadura... Franco. Tal e qual...

  3. Clavis disse...
     

    Bem dito!
    Eles estão lá porque nós queremos ou nada fazemos e ficamos em casa nas eleições!

  4. Bea disse...
     

    O país do Faz de conta.!

Enviar um comentário