a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Pensamento + livre = dissidência

A sátira aos partidos: PCP

Vítor Mesquita, Luís Magalhães e Luís Rosa, dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava), estão a ser alvo de inquéritos internos instaurados pelo PCP, partido de que são militantes, por não terem apoiado a lista B nas eleições do Sitava que decorreram a 19 de Março. in Público


2 comments :

  1. Anónimo disse...
     

    Então mas isto não é novo!
    Aconteceu no maior sindicato do país, o SPGL, sindicato de professores da grande Lisboa. Quem não apoiou a lista B, lista do PCP, foi suspenso.
    A Luísa Mesquita foi corrida porque o partido a queria como cabeça dessa lista e ela recusou.
    Este ano o PCP tem novamente lista para as eleições od SPGL que ocorrerão já a 19 de Maio. As suas salas de campanha são nos centros de trabalho do PCP e os materiais são financiados e produzidos pelo partido!
    Tudo isto com total impunidade, sendo que na nossa Lei Fundamental é dito que partidos e sindicatos são independentes!!!!

  2. Fliscorno disse...
     

    Eu sei que não é novo, nem exclusivo do PCP. Mas não me deixa de surpreender.

Enviar um comentário