a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Sucesso estatisticamente educativo

Descaradamente, aproveito a síntese do Ramiro, no blog ProfAvaliação:
Em quatro posts notáveis, Paulo Guinote desmonta a manipulação estatística em torno da dramática redução da taxa de insucesso escolar
 
Remeto os colegas para o trabalho desenvolvido por Paulo Guinote, no blogue A Educação do Meu Umbigo, de desmontagem da manipulação estatística em torno da dramática descida da taxa de insucesso escolar. São quatro posts a merecerem leitura atenta dos jornalistas da área da Educação. para que, de uma vez por todas, vão mais além do que os press release preparados e enviados pelo gabinete de Comunicação do ME.


3 comments :

  1. Ramiro Marques disse...
     

    Jorge! Obrigado pelo teu comentário no ProfAvaliação.
    Por vezes, é preciso tomar certas posições para evitar abusos e provocações. A blogosfera precisa de respeitabilidade e de credibilidade. Temos de perceber quem são os nossos adversários e guardar a energia e as munições para os combater no domínio das ideias. Aos amigos, devemos cordialidade, apoio e respeito. Não podemos usar de falta de cortesia para com os amigos seja de cara destapada seja de cara encoberta. Tu és um bom exemplo na forma como usas a linguagem.

  2. O Guardião disse...
     

    Sempre que a esmola é grande, o pobre desconfia.
    As estatísticas servem para (quase) tudo, o problema é quando alguém se permite questionar sobre a natureza dos dados e as suas condicionantes.
    Cumps

  3. Fliscorno disse...
     

    Olá Ramiro. Obrigado pela parte que me toca. No fundo, no fundo, os blogs são dos seus autores e quem não gosta pode sempre ir a outro lado :)






    Guardião, a esta constatação das estatísticas servirem para tudo (eu retiro o quase), acrescento mais uma: solução típica de cá quando há problemas é fazer-se uma lei.

Enviar um comentário