a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Miseráveis

Eu sei que o Alberto João, sempre execrável com os "cubanos", não merece a minha defesa. Não é isso que está em causa. Agora uma coisa é certa: não é este acréscimo de irresponsabilidade patrocinada pelo parlamento que justifica tamanha dramatização e ameaças de demissão. A verdade é esta, este episódio põe os jogos partidários – do PS e da oposição –à frente dos interesses do país. Miseráveis!

NOTA: o ministro falou do agravamento do défice por causa da lei das finanças regionais. Meras migalhas ao lado do elefante branco TGV.



4 comments :

  1. Ramiro Marques disse...
     

    Os portugueses têm muito azar com os políticos. Este episódio mostra a irresponsabilidade de todos: PS, PSD, BE, CDS e PCP. Tudo gente irresponsável. Num dia em que a bolsa cai 5% e de toda a imprensa internacional reafirmar a falta de confiança na credibilidade do Governo português para sair da crise, dão argumentos a Sócrates para ele fugir das responsabilidades. Cambada de irersponsáveis. Todos!

  2. Pata Negra disse...
     

    Deixem o governo em paz e sossego, deixem-nos fazer a porcaria que quiserem. Perito em bodes expiatórios, sócrates mudou de estratégia, à culpa da crise, segue-se a culpa da oposição. Esta questão da Madeira joga a favor da popularidade do governo, a oposição, ingénua, teima em embarcar em todos os iscos. Pois não é verdade que o PS deveria responder, antes de tudo, pela governo que nos truxe até aqui? O que deveria estar em cima da mesa é muito simples: não serão aqueles que teimosamente nos conduziram à falência que terão competência para nos tirar dela! Mas parece que não há outros! Estamos, portanto,à deriva! Se o país está ingovernável então o melhor será não ter governo!
    Um abraço anarquista

  3. Fliscorno disse...
     

    Os portugueses têm os políticos que elegem.

  4. GMaciel disse...
     

    Miseráveis? Eu chamo-lhes escroques.

Enviar um comentário