a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Coimbra

Universidade de Coimbra
Alta de Coimbra

Neste fim de semana passei por Coimbra, cidade pela qual nutro uma relação ambivalente de carinho estudantil e de repúdio perante o establishment. É a cidade dos doutores mas também a cidade de costas para eles. Esta segunda vertente é particularmente notável na relação da Câmara Municipal com a Universidade, como se a segunda ensombrasse o protagonismo da primeira.

Coimbra existe como é graças à Universidade, sendo esta a sua mais importante bandeira. Se a universidade se tivesse mantido em Lisboa, como temporariamente aconteceu, em que diferiria esta cidade das suas vizinhas?

Vem esta divagação a propósito do painel informativo que existe na A1 ao passar ao lado de Coimbra. Quando foi colocado dizia "Cidade do Conhecimento" e depois passou a dizer "Cidade Museu". Desculpem lá, era preciso toda esta retórica para evitar dizer "Universidade de Coimbra"?


PS: Este ano o cortejo da Queima das Fitas será ao domingo, em vez de ser à terça-feira. A tradição já não é o que era e os euros são cada vez mais o que são.

PPS: Como terão reparado, o ritmo dos posts abrandou. Há alturas assim, Noblesse oblige. No fim de semana colocarei as caixas de comentários em dia :)


3 comments :

  1. O Guardião disse...
     

    A simples menção a Universidade pode ser considerada uma alusão maldosa a certos cursos que por aí se tiram...eheheh
    Cumps

  2. avelaneiraflorida disse...
     

    COIMBRA!!!!!
    a minha eterna perdição!!!!
    Não deixemos que a destruam!!!!

  3. Raposa Velha disse...
     

    Oh Guardião, e não é que se calhar tens razão. Agora a que Universidade te estarás a referir?.... Vejamos, tem que ter fax, só pode aceitar exames quando acompanhados com cartão de visita e o corpo docente deve ter relações próximas com ex-ministros do ambiente.... Assim de repente não estou a ver ;)








    Avelaneira Florida, vejo que a Academia te diz algo ;)

Enviar um comentário