a política na vertente de cartaz de campanha

Buzz this

Do anonimato na blogosfera

 
image

 

Volto a um tema que já algumas vezes abordei (lista parcial aqui), o da questão  do anonimato na blogosfera. Numa dessas vezes escrevi:

«(…) em vez de colocar apenas um nome próprio [o meu] no meu blog ou em vez de usar uma alcunha [como já usei], poderia lá colocar um nome mais comprido. Até podia juntar uma foto de alguém. Como me safo bem no photoshop, até podia fazer uma montagem e construir uma cara, só para que depois não descobrissem que afinal o rosto tinha outro nome. Refiro-me, obviamente, à construção de uma identidade falsa mas com aparência credível. Seria um blog com nome próprio mas valeria de algo?»

Acrescento que podia também inventar um nome, por exemplo João António Campos, assinando assim os meus textos. O que me leva ao tema deste post. Depois de se ter repetidamente colocado a questão se os autores do blog Câmara Corporativa são pessoas individuais ou colectivas, eis que Fernanda Câncio acrescenta uma informação:

Miguel Abrantes é um pseudónimo
link


"Miguel Abrantes" é um pseudónimo!

Dirão, mas que diferença faz? Não é o que ele(s) escreve(m) o que importa? Faz toda a diferença. Uma alcunha sinaliza que alguém está a escrever sem querer se identificar; um pseudónimo sugere uma identidade, acrescenta confiança. Que afinal é falsa.

Escrever sobre política não é o mesmo produzir literatura, usando um pseudónimo. Na literatura não se ameaçam pessoas; não se discutem decretos-lei; não se procura convencer os eleitores a tomarem certo partido; e, sobretudo, todos sabem que literatura é ficção.

O que "Miguel Abrantes" faz(em) com esta identidade construída é pura manipulação. Shame on you!

Já agora, quanto à forma como assino, deixo uma nota. Não tenho ligação partidária e não planeio vir a ter. Mas todos somos políticos e, tendo esta oportunidade, disserto sobre acções desses que elegemos e a quem pagamos o salário. Apenas uso o nome próprio e não pretendo mais protagonismo do que isso. Há ali ao lado um email para quem me quiser contactar.



3 comments :

  1. Isabel Magalhães disse...
     

    J;


    Talqualmente! ;)

  2. Dr.Shue disse...
     

    E incomodas-te (ainda)?
    Manda-os à merda...

    Foi por falta de vocação para pregar a jumentos disfarçados de intelectualóides de esquerda que fechei a tasca...

  3. Fliscorno disse...
     

    Olá Dr.Shue! Gosto de te ver de volta.

    Incomodar, não incomodo mas vou esgotando a pachorra. Um dia faço como tu e largo o napalm no blog lol

Enviar um comentário